Influência da idade e da cultura no reconhecimento de expressões faciais emocionais

velhos

Sabemos que, à medida que envelhecemos, podemos apresentar algumas dificuldades em habilidades físicas e cognitivas. Pesquisas recentes têm indicado que isso é o que parece acontecer com a nossa capacidade de reconhecer expressões faciais emocionais. Esta é uma questão bastante relevante se considerarmos que o reconhecimento de emoções é um importante componente da comunicação. Afinal, você se atreveria a pedir um aumento de salário justamente no dia em que percebesse que seu chefe está irritado?

Inicialmente, podemos pensar que a diminuição da capacidade de reconhecer emoções deva-se a um declínio cognitivo geral, típico do envelhecimento. No entanto, algumas pesquisas têm demonstrado que outros fatores podem contribuir para a diferença de reconhecimento de emoções entre adultos jovens e pessoas mais velhas. Um dado particularmente interessante é que adultos mais velhos parecem ter mais dificuldade em reconhecer expressões faciais consideradas negativas (raiva, tristeza) do que aquelas consideradas positivas (alegria, felicidade), quando comparados a adultos jovens.

Mas quais seriam os fatores, além do declínio cognitivo geral, que poderiam influenciar no efeito da idade sobre o reconhecimento de emoções negativas? Pensando nesta questão, um grupo de pesquisadores chineses investigou a influência da cultura na relação idade-reconhecimento emocional. Como a maioria absoluta dos estudos sobre o tema havia sido conduzida com participantes ocidentais, Ma e colaboradores (2013) desenvolveram uma pesquisa com participantes chineses, para comparar os dados com aqueles obtidos em pesquisas com participantes ocidentais.

Trinta chineses jovens (com idades entre 18 e 28 anos) e trinta chineses mais velhos (com idades entre 61 e 88 anos) participaram da pesquisa. Fotos de faces alegres, raivosas e neutras eram apresentadas em uma ordem aleatória aos participantes, em uma tela de computador.  A tarefa dos participantes consistia em apertar a barra de espaçamento do teclado do computador o mais rapidamente possível, sempre que aparecesse o estímulo alvo. Em um bloco de tentativas o estímulo alvo eram as faces alegres; em outros dois blocos de tentativas, os alvos eram as faces raivosas ou as neutras. Os pesquisadores registraram o tempo de resposta aos estímulos alvo (ou seja, quanto tempo os participantes demoravam para pressionar a barra), e a acurácia das respostas (ou seja,  pressionar a barra apenas diante dos estímulos alvo).

Os resultados do estudo mostram o mesmo padrão dos dados de pesquisas com participantes ocidentais, indicando que adultos mais velhos têm mais dificuldades em reconhecer emoções negativas do que positivas. Adultos mais velhos foram mais lentos e apresentaram mais erros ao responder às faces raivosas do que o grupo de adultos jovens, mas essas diferenças não foram verificadas em relação às faces alegres. Segundo os autores, esses resultados podem sugerir um déficit universal relacionado à idade no reconhecimento de expressões faciais emocionais negativas, ou seja, o declínio da habilidade em reconhecer emoções negativas à medida que envelhecemos, seria um fenômeno universal que se aplica a várias culturas.

Apesar da força dos dados em corroborar essa afirmação, os autores reconhecem algumas limitações do estudo. Uma delas é o fato de terem sido utilizadas apenas faces de adultos jovens como estímulos. Será que adultos mais velhos seriam mais sensíveis a faces de sua própria idade? Esta parece ser uma pergunta de pesquisa bastante interessante para futuras investigações!

 

Quer saber mais?

Veja o artigo: Ma, Z., Li, J., Niu, W., Yu, J. & Yang, L. (2013),Age differences in emotion recognition between chinese younger and older adults. The PsychologicalRecord, 63. 629-640.

 

Postado por Naiene Pimentel, pós-doutoranda do Laboratório de Estudos do Comportamento Humano da Universidade Federal de São Carlos. Bolsista CAPES.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s