“Vamos brincar de quê?” O efeito do contexto no nível de atividade física das crianças

Silvana

O tema da obesidade infantil tem sido cada vez mais discutido em todo o mundo. Afinal de contas todos sabem das consequências que isto pode ocasionar na vida adulta. Mas, o que fazer para evitar este problema? A maioria concorda que uma das maneiras mais eficazes é incentivar o envolvimento das crianças em atividades físicas. Ah, mas então é só tirá-las dos aparelhos eletrônicos e mandar brincar? Ok, mas onde? Com quem? Tem brinquedos disponíveis? Quais? Estas são apenas algumas das variáveis que podem interferir no quanto as crianças se movimentam ou não. Entender como condições ambientais interferem no nível de atividade física pode ser útil para promover intervenções mais direcionadas.

Uma pesquisa realizada por Kristin Hustyi e colaboradores da University of the Pacific investigou uma dessas variáveis: o contexto das atividades ao ar livre. Os resultados apontaram que o equipamento fixo, como trepa-trepa (playground)  leva a um maior nível de atividade física. Parece até óbvio, mas como chegaram a esta conclusão?

Quatro crianças com idade de 4 anos participaram do estudo realizado na creche que elas frequentavam. Cada participante teve seu nível de atividade física medido por meio do Observational System for Recording Physical Activity Codes (OSRAC). De maneira geral, é um instrumento de avaliação que utiliza códigos de 1 a 5, onde 1 representa atividades de menor movimento e 5 atividades de maior movimento, em um certo período de tempo.  Foi utilizado o Moderate-to-vigorous physical activity (MVPA) como medida do nível de atividade. O percentual deste era calculado dividindo o número de intervalos que o participante se engajava em atividades nível 4 e 5 pelo número total de intervalos de análise.

Para fazer estes registros, primeiramente as crianças eram observadas brincando em condições naturais, onde todos os contextos estavam simultaneamente disponíveis, o que servia como uma linha de base. Nas condições experimentais a criança era inserida sozinha nos seguintes contextos (não havia interação com o experimentador):

Brinquedos ao ar livre: vários brinquedos para atividades motoras estavam presentes como bolas, baldes e pás, bambolês, discos etc.

Equipamento fixo: nesta condição estava disponível o trepa-trepa (playground) que incluía 2 escorregadores, barras, escadas e várias áreas de escalada.

Espaço aberto: nenhum material de atividade específica estava presente.

condição controle: a criança ficava em uma área separada das usadas nas outras condições. Uma mesa com vários materiais como livros para colorir, lápis de cor etc, ficava disponível.

Os resultados apontaram que todos os participantes ficaram envolvidos com os materiais das sessões, mas foi obtido um maior nível de atividades na condição com o equipamento fixo. O interessante é que não foi identificado engajamento com esta atividade na linha de base, ou seja, em situação natural as crianças gastaram o mesmo tempo no espaço livre e com os brinquedos. Os autores concluem que este tipo de avaliação pode ser útil para verificar os efeitos do contexto ambiental na atividade física de criança. Neste caso, por exemplo, poderia possibilitar uma intervenção individualizada ou em grupo, provendo reforço contingente para o engajamento no equipamento fixo. As limitações estão no fato de que só houve manipulação do contexto, mas é claro que é importante para uma análise funcional do comportamental considerar todas as outras variáveis como presença de outras pessoas e consequências. Interessante não é?

Quer saber mais? Leia:

Hustyi, K. M., Normand,M. P., Larson, T.A. & Morley, A. J. (2012). The effect of outdoor activity context on physical activity in preschool children. Journal of Applied Behavior Analysis, 45(1), 401-405.

Escrito por Silvana Lopes dos Santos

Aluna de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de São Carlos

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s