Medo de falar em público? Nós temos a solução!

Untitled

Vo-vo…você fica nervoso…huuuuumm….na hora de …haaaaammmmm…. falar em público?

E quando isso, né, acontece, né. Você fica, falando, né…. Hããã…. um monte de “nés”, “hãns” e “hums”???

Seus problemas acabaram! – ou ao menos é isso que parece indicar o estudo realizado por Carolyn Mancuso e Raymond G. Miltenberger, pesquisadores da Universidade da Califórnia: É possível desenvolver um treino adequado para superar essas dificuldades!

Pensando nisso, os pesquisadores da Universidade da Califórnia, Carolyn Mancuso e Raymond G. Miltenberger, convidaram seis estudantes universitárias e propuseram a elas um tipo de treinamento que pudesse melhorar o modo como elas falavam em público.

Primeiro os pesquisadores apresentavam às participantes vários temas (meu primeiro emprego, minhas férias favoritas, meu filme predileto, etc) e, entre eles, um era escolhido por sorteio para que a participante, em 10 minutos, pudesse preparar uma breve fala sobre o assunto em questão. Depois de preparado o rascunho do discurso, as participantes deveriam apresentá-lo ao pesquisador durante 3-5 minutos.

Por meio da filmagem dessas falas, foi possível observar a taxa de ocorrência por minuto, desse tipo de comportamento (de proferir sílabas sem sentido como “um,” “uh,” “ah,” né “eh”, ou de palavras sendo usadas fora do contexto de sua classe gramatical, por exemplo, “então”, durante um discurso). Antes do início do treinamento, essa contagem foi utilizada para aferir a linha de base, e também o pós-teste ao final de todo o processo.

O treinamento foi de dois tipos: primeiro o de “tomada de consciência” e o de “comportamentos concorrentes”. O primeiro incluía observar a topografia desses comportamentos, e aprender a discriminar toda vez que ele acontecia (levantando a mão direita), ou quando estava prestes a acontecer (levantando a mão esquerda). Esse exercício foi feito, inicialmente, assistindo o vídeo feito na linha de base, depois, a participante teria que identificar suas falas de sílabas sem sentido durante um novo discurso. Já no treinamento de comportamentos concorrentes os participantes aprendiam comportamentos alternativos para fazerem toda vez que uma dessas sílabas sem sentido era falada: esses comportamentos eram, basicamente, parar de falar por um intervalo de 3s, e depois reiniciar seu discurso daquele ponto em diante.

Com todo esse treinamento Carolyn Mancuso e Raymond G. Miltenberger encontraram em seus resultados uma redução desse tipo de “hábito de discurso” em todas as seis participantes, logo nas primeiras medidas de pós-teste. A média das participantes para esse tipo de resposta era de 7,4 por minuto, e reduziu para 1,4 após a intervenção. E as participantes indicaram que gostaram dos procedimentos, que se sentiram confortáveis durante a pesquisa, e relatando que consideravam que, de fato, o treinamento tinha sido eficiente.

Os autores defendem que este é um estudo preliminar, e apontam que outros elementos poderiam estar em pesquisas futuras, como a presença de um público de fato para ouvir o discurso e mais tempo para os participantes o prepararem, variáveis que aproximariam a pesquisa de um cenário mais real. Esse tipo de treinamento de reversão de hábitos tem sido usado em diferentes contextos (por exemplo com pessoas que querem parar de fumar, parar de roer as unhas), e parece ter um potencial positivo quando aplicado a ajudar as pessoas a como falar melhor em público.

Ficou curioso? Quer os detalhes para praticar, você mesmo, seu treino de reversão de hábitos? Aqui está o artigo original:

Mancuso, C., Miltenberger, R. G. (2016). Using habit reversal to decrease filled pauses in public speaking. Journal of Applied Behavior Analysis, 49(1), 49, 1–5.

Escrito por Melina Vaz. Bióloga, quase psicóloga, doutoranda em Psicobiologia-USP/RP, e praticante (a partir de agora) de treinamentos de reversão de hábitos em discursos (para os próximos congressos).

 

Fonte da imagem: http://www.marcellopepe.com/2014/como-vencer-o-medo-de-falar-em-publico/

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s